Transformadores de energia: o que são e como funcionam?

Publicado por Mult Comercial em

No universo da elétrica, não existem muitos segredos quando o assunto é transformadores: como o próprio nome deixa bem claro, esses equipamentos são especializados em transformar algumas propriedades em outras, aumentando ou diminuindo sua intensidade. O exemplo mais clássico são os de energia, que interagem com propriedades elétricas.

Pensar na capacidade de conversão que esses equipamentos possuem também nos leva a outro questionamento: afinal, como funciona um transformador? Já te adiantamos que o processo em si segue as Leis da física e propriedades eletromagnéticas das cargas, especialmente o processo conhecido como indução.

Essa é a garantia de que a energia elétrica que sai das companhias chegue com a intensidade e a tensão adequadas para os ambientes domésticos e industriais de todos os tipos – motivo pelo qual os transformadores são extremamente úteis e necessários.

Pensando nisso, o blog da MultComercial preparou um conteúdo exclusivo sobre como acontece o processo de ‘transformação’ dentro dos transformadores de energia. Acompanhe a leitura para entender as propriedades elétricas e físicas envolvidas no processo e como, de fato, ele acontece:

Quais são as partes de um transformador?

Antes de entender exatamente como acontece o processo de indução e transformação dentro dos equipamentos transformadores de energia, precisamos entender quais as partes básicas que compõem o sistema.

Sendo assim, o blog da MultComercial preparou uma lista com as duas principais peças que unem o conjunto e garantem a eficiência do sistema todo:

  • Núcleo: trata-se de uma peça em formato quadrado ou retangular feita em material ferromagnético ou imantável – já que é o responsável pela transmissão da corrente entre os enrolamentos (e a indução eletromagnética);
  • Enrolamentos: também chamados de bobinas, são partes montadas com fio de cobre isolado com verniz e um determinado número de espiras. Cada célula transformadora possui um par de enrolamentos – o primário e o secundário.

O conjunto formado pelos enrolamentos de cobre no núcleo ferromagnético constitui os aparatos necessários para que a transformação de tensão aconteça no interior dos transformadores.

Funcionamento e Leis do eletromagnetismo

Como você já sabe, o funcionamento dos transformadores acontece por meio do fenômeno da indução eletromagnética e a influência de duas leis fundamentais do eletromagnetismo: as leis de Lenz e Faraday.

Já falamos sobre a indução aqui no blog, no post “O que é um indutor? Conheça os principais tipos e aplicações”. Não deixe de conferi-lo.

A principal função desses equipamentos é alterar o valor da tensão elétrica (ddp) entre os dois pontos que estão conectados ao dispositivo, para um valor menor ou maior que o original.

No caso dos circuitos domésticos, a rede que chega da rua possui uma tensão muito elevada e precisa ser diminuída. Da mesma forma, aparelhos eletrônicos funcionam com tensões menores que a disponível nas tomadas. Ou seja, há geradores de todos os tamanhos e para diversos fins.

De forma geral, o processo funciona da seguinte maneira: de acordo com os princípios das leis do eletromagnetismo, a aplicação de uma tensão alternada em uma das bobinas (primária), faz com que seja induzido um campo magnético que circula o núcleo em direção à segunda bobina.

Lá, as flutuações do campo magnético dão origem a uma nova tensão, já transformada ao valor desejado. Isso acontece graças à variação no número de espiras de cada bobina: quanto menor o número de voltas, menor a quantidade de energia armazenada sob a forma de campo magnético.

Tipos de transformadores para conhecer

Embora semelhantes em função, existem alguns tipos de transformadores que merecem destaque. Por isso, preparamos uma lista com os principais modelos, separados por funcionalidade, veja só:

  • Transformador de potencial

É o mais comum entre os tipos de transformadores, são especializados em regular o potencial elétrico, aumentando ou diminuindo-o conforme a necessidade.

  • Transformador de distribuição

Geralmente, são os presentes em postes de eletricidade, transformando a tensão em 110 ou 220V. Os equipamentos desse tipo também estão presente nas centrais de distribuições elétricas, por onde operam as linhas de transmissão.

  • Transformador de força

Esse tipo de equipamento é especializado em lidar com altas cargas de corrente e potencial elétrico. Seu uso está relacionado à própria geração de energia elétrica, mas também pode ser utilizado na distribuição elétrica para equipamentos que exijam altos níveis de potência elétrica.

Em relação às aplicações, os aparelhos transformadores podem estar presentes tanto em circuitos, como no caso dos aparelhos eletrônicos, quanto funcionar como aparelhos, no caso dos postes de eletricidade, da distribuição elétrica em redes e muito mais.

Gostou do nosso conteúdo? O universo da elétrica é muito amplo e interessante, então, que tal conhecer mais dele e dos conceitos base que envolvem a ciência? Aproveite, também, para acompanhar todas as nossas atualizações de conteúdo para ficar por dentro de todos os assuntos – toda semana tem coisa nova!

Até a nossa próxima postagem!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *