Principais funções que um frequencímetro precisa ter!

Publicado por Mult Comercial em

Quem trabalha com equipamentos eletrônicos, tem um relação especial com o  frequencímetro, um dos instrumentos mais utilizados por uma grande variedade de técnicos por abranger, praticamente, todos os campos de atuação.

Ocasionalmente, na medida em que os trabalhos evoluem, a necessidade dessa ferramenta aumenta. E aí surge o dilema entre comprar um modelo paliativo ou um aparelho mais completo.

Optar pelo mais simples é sempre tentador, mas talvez ele não acompanhe suas demandas por muito tempo. Por isso, é importante entender as principais funções que um frequencímetro precisa ter. Não se trata de gastar mais, mas sim de escolher de forma criteriosa.

Hoje, preparamos um conteúdo exclusivo para abordar alguns fatores que podem fazer grande diferença na hora de escolher esse equipamento. Confira!

O que é e como funciona o frequencímetro?

o que é e como funciona o frequencímetro

A necessidade de medir a frequência de sinais é comum para diversos tipos de eletrônicos. Ela está diretamente conectada com a qualidade de transmissão, seja dos componentes de uma placa ou da oscilação de uma tensão.

Refletindo um pouco, é fácil perceber as grandezas de Hertz em vários lugares: nas frequências de uma rádio, nas especificações de um componente de computador e basicamente em todos os eletroeletrônicos.

A grandeza Hertz expressa a frequência de um evento periódico, suas oscilações ou rotações por segundo, e pode ir de miliHertz à GigaHertz de acordo com o objeto analisado.

O frequencímetro, dessa forma, também busca a maior amplitude técnica para as variadas demandas. Podemos dizer que esse aparelho é munido de pontas de teste que vão apresentar em seu display uma relação da grandeza modulada conforme as necessidades do usuário.

É possível mudar o alcance (MiliHertz, Hertz, MegaHertz, KiloHertz, GigaHetz) e o nível de oscilação (Gate Time) de poucos milissegundos até 10 segundos por pulso. Assim, dá para alongar ou encurtar o tempo e o espaço da onda para analisar com precisão sua qualidade.

Há, também, a possibilidade de alterar a forma de leitura entre as funções justamente para obter a maior precisão ou observá-la em escala.

O que devo considerar ao escolher um frequencímetro?

Antes de tudo, você deve considerar qual será a usabilidade do aparelho, pois quanto mais sofisticado, maior a chance de variar o valor. Porém, escolhendo com critérios, você conseguirá um bom custo-benefício.

Para isso, é importante levar em conta:

  • Tipo

tipo de frequencímetro

Os frequencímetros analógicos apresentam algumas limitações sérias, especialmente em relação à comunicabilidade e precisão.

Enquanto os digitais possuem em média 8 dígitos, os analógicos acabam tendo imprecisões devido à complexidade do alcance.

Existem também os frequencímetros portáteis, que podem ser úteis para alguns tipos de profissionais. No entanto, costumam ter uma faixa de alcance bastante limitada entre os MegaHertz.

  • O alcance de Hertz

alcance de hertz

Geralmente, os frequencímetros têm dois canais, um para mili à MegaHertz e o seguinte de Mega à GigaHertz.

Enquanto para medir algumas correntes você terá de usar a função periódica, ao testar um aparelho emissor de sinal, você já irá operar na faixa dos GigaHertz. No meio disso, está, basicamente, a série de placas que compõem todos os eletroeletrônicos.

A extensão da faixa que mede o período também pode apresentar muitos dados importantes e precisos para diagnósticos de aparelhos.

  • A quantidade de funções

quantidade de funções

A capacidade de periodizar ondas muito pequenas ou atenuar ondas muito grandes, extrapola as características base do aparelho e, pelo bem da medição, é capaz de simular outras faixas de grandeza.

Para trabalhar com modelos mais específicos de objetos, essas funções podem agir como bons paliativos.

  • Integração

integração

Esse talvez seja o grande êxito dos frequencímetros digitais mais atuais e dá para ser muito bem aproveitado.

Com a possibilidade de conectar o frequencímetro ao seu computador, o leque de opções aumenta bastante.

Além do display de 8 dígitos, você ganha uma plataforma nova para operar, podendo salvar valores, períodos determinados, fazer contas sobre os valores salvos, obter valores médios, fazer relatórios e até diagnósticos mais diretos e intuitivos.

É indispensável considerar as limitações de algumas dessas ferramentas sem conectividade com plataformas computacionais, principalmente em laboratórios e aplicações sofisticadas.

Onde encontrar frequencímetros de qualidade?

onde encontrar frequencímetro

Esse companheiro de bancada certamente estará presente na maior parte do seu dia a dia. Escolhê-lo com atenção vai te poupar de limitações e arrependimentos no futuro. O melhor negócio não é o mais caro, mas o mais adequado para suas demandas.

No site da Mult Comercial você encontra diversas categorias de equipamentos, ferramentas e recursos para os mais variados ramos da eletrônica. Navegue por nossa página para encontrar tudo o que você precisa!

E continue acompanhando nosso blog para conferir mais informações, dicas e lançamentos relacionados ao assunto.

Categorias: Eletrônica

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *