O que é um capacitor? Veja quais são suas principais funções!

Publicado por Mult Comercial em

Você já imaginou como seria a nossa vida sem a eletricidade? Com certeza teríamos muitos problemas em nosso mundo moderno, na realidade, ele nem mesmo seria considerado moderno assim, certo? Saber o que é um capacitor, faz parte de entender nossa evolução elétrica e tecnológica.

Isso porque a descoberta da eletricidade é um daqueles feitos históricos que mudaram o curso da humanidade e nos ajudaram a nos desenvolvermos ao longo do tempo. Porém, conforme fomos aprendendo a lidar com correntes elétricas, desafios começaram a aparecer.

Um dos maiores deles era relacionado à armazenagem de cargas. Afinal, a utilização da eletricidade precisaria ser algo inteiramente à nossa disposição. Ou seja, ela deveria acontecer conforme nossas necessidades, a fim de serem utilizadas nos momentos que nós precisamos.

Armazenar cargas é a estratégia utilizada para que a eletricidade fique inteiramente em nossas mãos. A capacidade de controlar quando ela entra em ação é essencial para que seu uso faça sentido. É nesse contexto que entram os capacitores.  Quer entender melhor sobre ele e qual é sua maior função? Continue a leitura desse post e saiba mais sobre o assunto:

Conhecendo os capacitores: o que são?

conhecendo os capacitores

Os capacitores são dispositivos responsáveis por armazenar energia elétrica, eles também são chamados de acumuladores, já que possuem como principal função acumular energia.

Dessa forma, temos um controle que nos permite determinar quando, como e onde utilizar a energia.

Entre os tipos desses componentes, temos aqueles de placas paralelas, que são considerados os tipos mais simples. Em seu funcionamento nos deparamos com materiais dielétricos, que são ligados a potenciais elétricos distintos, assim, aumentam a capacidade de cargas armazenadas.

Por serem essenciais para o desenvolvimento de qualquer projeto elétrico, podemos encontrar capacitores em praticamente todo e qualquer circuito elétrico.

Mesmo com suas peculiares, eles são de simples funcionamento.

Os capacitores possuem dois terminais, que podem ou não conter polarização. Para que sejam mais eficientes e também para uso em casos específicos, eles podem ser compostos por diversos materiais como: óleo, porcelana, cerâmica e muitos outros.

O que é a capacitância? Entenda como funciona!

o que é a capacitância

Chamamos de capacitância o nível de capacidade que determinado capacitor possui em acumular energia. Essa característica é medida em farad (f) ou coulomb por volt (C/V) . Quanto mais intensa é a carga, maior é o campo elétrico e, consequentemente, maior seria a capacitância.

Além disso, o formato do capacitor também é um fator determinante quando falamos sobre a capacitância. Já que existem alguns pontos importantes, como a distância entre as placas do capacitor e área também nos ajudam a compreender a intensidade.

Onde os capacitores podem ser utilizados?

onde os capacitores podem ser utilizados

Os capacitores possuem aplicação em diversas áreas da indústria de eletrônica, bem como em muitos outros setores. Podemos afirmar que, na grande maioria das vezes, ele possui a função de estabilizar a tensão dentro do circuito.

O uso desse tipo de componente é muito comum em ventiladores, já que o motor precisa de uma corrente volta, para que funcione corretamente. Cada vez que ligamos o ventilador na tomada, um sinal de energia será enviado, mas para que ele funcione bem, o capacitor é essencial.

O capacitor é o que garante que a alternância funcione corretamente, certificando que o motor também funcione. Eles são essenciais para que a defasagem angular seja aplicada com sucesso, evitando problemas.

Tipo de capacitores: veja aqui!

tipo de capacitores

Podemos pensar em uma vasta lista de tipos de capacitores, no entanto, alguns deles são os mais conhecidos e utilizados nas mais diferentes atividades. São eles: capacitores eletrolíticos, de poliéster, de tântalo, cerâmicos e variáveis.

Os capacitores eletrolíticos possuem finas camadas de alumínio, são envolvidas em óxido de alumínio, além disso são embebidas em eletrólitos líquidos. Eles podem ser usados em produtos que exigem correntes contínua.

Já os capacitores em óleo, assim como aqueles que eram feitos em papel, caíram em desuso. Eles foram muito utilizados no passado, por serem os primeiros tipos de capacitores. Mas atualmente não são considerados práticos nem confiáveis.

Um dos mais utilizados atualmente são os capacitores de poliéster. Populares por serem pequenos, de tamanho compacto, são super práticos e também possuem alumínio em sua composição, além das folhas de poliéster.

No entanto, se você busca por um capacitor que tenha um longo período de vida útil, vale a pena optar pelos capacitores de tântalo. Eles possuem maior tempo de duração, já que contam com dielétricos de óxido de tântalo.

Esses são alguns dos muitos tipos de capacitores. Vale a pena lembrar que o uso deles depende de produtos de qualidade e mão de obra especializada. Além disso, é preciso estar sempre se atualizando quanto ao uso desse tipo de componente.

E então, gostou do post? Esperamos que ele possa ter te ajudado a desenvolver novas habilidades no uso e entendimento desses capacitores. Aqui no blog da Mult Comercial estamos sempre trazendo novidades e dicas sobre o mundo da eletrônica.  Continue nos acompanhando por aqui, nos vemos no próximo post!

Categorias: Eletrônica

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *