Entenda mais sobre o filtro de linha: para que serve e como escolher o seu

Publicado por Mult Comercial em

Não é raro que o fornecimento de energia elétrica pelas concessionárias de nossas cidades tenha problemas. Pode ser uma instabilidade, picos de energia, excesso de ruído, dentre outros acidentes. É especialmente para oferecer soluções para esses tipos de problemas tão comuns – e inoportunos – que serve o filtro de linha. Ele garante muito mais segurança para seus equipamentos eletrônicos, além da facilidade na organização.

Como funciona o filtro de linha?

Para entender para que serve o filtro de linha, podemos olhar tanto para seu aspecto de segurança contra instabilidades quanto para sua praticidade como extensor de tomadas. Ele é um aparelho com um preço bastante acessível, disponível em uma série de números de tomada e funcionalidades.

Seu desenho se parece muito com o de uma extensão comum, mas ele conta com o incremento de resistores, varistores e indutores que, em conjunto, regulam a entrada de energia para os aparelhos. Por isso que ele recebe o nome de “filtro”.

O aparelho mantém a estabilidade do recebimento de energia, evitando todo tipo de instabilidade que pode causar problemas de uso e até danos aos aparelhos, principalmente em situações de grandes picos de energia.

Equipamentos com altas frequências costumam causar mais instabilidades, como ventiladores, secadores, ferramentas elétricas e aparelhos com maior complexidade no consumo, como computadores, e precisam especialmente desse cuidado com o consumo da energia, por isso são os que mais exigem o filtro de linha.

Oferece mais segurança para seus aparelhos

Um dos principais receios de quem utiliza aparelhos complexos e caros – como ferramentas elétricas e eletrônicos sofisticados – é que picos de tensão causem danos nas placas dos aparelhos.

Mais do que desequilíbrios na entrada de energia: pode haver grandes descargas elétricas, especialmente durante tempestades ou acidentes na rede, e para conter esses riscos, a maioria dos filtros de linha vêm com um fusível que recebe a descarga, fechando a chave do sinal e queimando no lugar dos aparelhos conectados na rede.

Alguns filtros de linha também podem ser ativados para desarmar a rede quando houver temperaturas muito altas, o que ajuda a evitar também a queima das tomadas de aparelhos, comum em ferramentas.

Traz praticidade à organização

Um dos grandes dilemas nas ilhas de computadores de escritórios e nas bancadas eletrônicas de oficinas é como organizar uma quantidade enorme de cabos e diferentes tipos de tomadas.

Apesar de mais que meros extensores de tomada, o filtro de linha muitas vezes é buscado para oferecer essa facilidade de aumentar a disposição de entradas, é comum que o filtro de linha profissional ofereça ainda mais comodidades, como entradas para diferentes tipos de amperagem e até mesmo com as duas voltagens, comuns em aparelhos, 110 e 220V. Isso facilita muito o uso de ferramentas elétricas.

Acredite: com o novo conceito de casa inteligente, os filtros de linha não ficaram de fora: já existem acessórios com acesso do controle via wi-fi, que podem ser manipulados via celular ou tablet, editando padrões de segurança ou até mesmo desligando individualmente as tomadas.

E já que falamos de acessibilidade: muitos filtros de linha profissionais também podem oferecer saídas para cabos de rede de internet e telefone, o que é extremamente útil em escritórios, onde o melhor sinal faz a diferença e redes internas fechadas podem aumentar em muito a segurança do trabalho dos colaboradores.

Como escolher um bom filtro de linha?

Agora que você entendeu para que serve o filtro de linha e sua grande variedade, vale a pena pensar quais suas principais demandas na hora de escolher o seu.

É importante observar se o aparelho oferece mesmo as funções de filtragem de tensão, ou você estará comprando uma simples extensão.

A função de clamping ou ceifamento também é interessante, já que desarma a rede em caso de grandes picos de tensão, e você ainda pode optar por um aparelho com fusível, para aumentar a segurança.

Observe bem as faixas de tensão que o aparelho suporta, especialmente se for trabalhar com ferramentas elétricas. Vale a pena buscar aparelhos bivolts caso vá usar seu filtro em uma bancada eletrônica ou ambiente com uso de diferentes ferramentas.

Existe uma enorme variedade quanto ao volume de tomadas por aparelho, existem modelos para todos os tipos de uso e, se o filtro for para um ambiente de escritório, é sempre bom garantir alguns espaços de tomada extras para o dia a dia.

Falando em escritórios e outros ambientes onde a usada intensamente, vale a pena buscar pelos modelos que oferecem saída de rede; eles já vêm embutidos com reguladores de chiado.

No portal da MultComercial você encontra uma variedade de informações sobre equipamentos e componentes eletrônicos especializados: é só navegar pelo blog para conhecer mais sobre como usar e qual escolher para seu projeto.

Categorias: Dicas e Tutoriais

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *