Como usar ferro de solda? Veja este guia completo!

Publicado por Mult Comercial em

O ferro de solda é uma das ferramentas principais para quem trabalha com eletrônica ou Arduino, afinal, ele é útil para soldar diversos itens: componente na placa, componente com outro componente, com fio, fio com fio, enfim,é a melhor solução para criar uma conexão elétrica ou mecânica entre esses elementos.

Por ser um equipamento constantemente usado por técnicos, seu modo básico de utilização já é bastante conhecido. No entanto, vale ressaltar algumas dicas e cuidados para que o uso seja adequado, de modo a evitar danos à sua saúde ou nos componentes.

No post de hoje, trouxemos dicas de como usar ferro de solda da melhor forma. Vamos tirar suas dúvidas sobre o domínio dessa ferramenta e enfatizar alguns cuidados que você deve ter ao manusear a ferramenta.

Portanto, por mais que você seja um técnico experiente, acompanhe a leitura para conferir se está fazendo tudo certo. Vamos às dicas!

Antes de entrar em prática…

Antes de ver como colocar a mão na massa, é importante nos atentarmos a alguns cuidados básicos. Confira:

  • Use óculos de proteção

Use óculos de proteção

Tudo bem que os componentes são pequenos, nada comparado à solda industrial, mas eles também oferecem riscos e merecem atenção. Os óculos de proteção vão impedir que pequenos pedacinhos de estanho ou de outros itens entrem em contato com seus olhos, caso vão em direção ao seu rosto.

Se você trabalha com manutenção em uma empresa, por exemplo, o uso dos EPIs é obrigatório e evita muita dor de cabeça.

  • Use um suporte para ferro de solda

Use um suporte para ferro de solda

Como bem sabemos, a temperatura do ferro de solda, quando ligado a tomada, é muito alta e qualquer contato com a pele pode ocasionar uma ferida grande. Por isso, todo cuidado é pouco na hora de manusear o aparelho.

Utilizar um suporte é a melhor forma de evitar acidentes: quando o equipamento fica disposto à bancada sem nenhum tipo de base, ele pode escorregar e encostar em objetos que estão na mesa ou, pior, você pode esbarrar e se machucar.

Com o suporte, o item fica fixado e torna tudo mais seguro.

  • Trabalhe em um ambiente ventilado

Trabalhe em um ambiente ventilado

Inalar a fumaça que o ferro solta não faz bem à saúde. É muito comum que ela vá diretamente ao nosso nariz quando estamos soldando algum componente, não é mesmo?

Portanto, coloque um ventilador, ou deixe o ambiente bem arejado para evitar ao máximo inalar a fumaça.

  • Lave bem as mãos após utilizar o equipamento

Lave bem as mãos após utilizar o equipamento

Outra medida importante para não interferir a sua saúde é lavar bem as mãos e não comer enquanto trabalha com isso.

Instrumentos que você vai precisar

Saiba o que você precisa adquirir para fazer conexões elétricas:

  1. Ferro de solda ou estação de solda:

Ferro de solda ou estação de solda

No momento de comprar seu ferro de solda, você vai se deparar com vários tipos de voltagem. Normalmente, eles vão de 15 a 60W. Veja como cada um pode ser útil para você:

  • 15 a 20W: esse modelo de aparelho é utilizado para soldar componentes pequenos e mais frágeis, como transistor ou circuito integrado.
  • 30 a 45W: é o mais comum e versátil e pode ser usado para praticamente tudo. No entanto, o que irá interferir é o tempo que ele precisa estar em contato com o componente para soldar da melhor forma.
  • 45 a 60W: esse é o que mais esquenta, ideal para soldar fios grossos ou, alguns casos, até arames.

Uma ótima alternativa é adquirir uma estação de solda, que apresenta funcionalidades mais avançadas, a vantagem é que você consegue controlar a temperatura da solda com facilidade e trabalhar com diferentes necessidades.

  1. Estanho

Estanho

Além do ferro em si, precisamos do araminho que vai derreter para conectar os componentes. Esse é o que chamamos de estanho. Porém, o material não é composto integralmente por estanho: sua composição é, normalmente, 40% chumbo – e é por isso que não devemos inalar a fumaça e precisamos lavar as mãos após manusear.

Existem várias medidas da bitola, desde as mais fininhas, de 0,5mm a 1mm. Opte pelo intermediário 0,8mm se você deseja uma medida universal.

  1. Sugador de solda

Sugador de solda

Nem toda soldagem fica perfeita, não é? Por isso, o sugador de solda se apresenta como um equipamento essencial para remover com precisão a solda que deu errado e evitar problemas, como curtos-circuitos.

O modo de usar é bastante simples: basta armá-lo, ativando o gatilho, posicionar no local que deseja remover a solda e apertar o botão para sugar. Lembrando que ela deve estar no estado líquido.

Como usar o ferro de solda? Veja o passo a passo!

Agora, entramos na parte mais legal: a hora de colocar tudo em prática! Veja o passo a passo:

  1. Comece fazendo a limpeza na região em que a solda será aplicada. Utilize álcool isopropílico para remover qualquer sinal de sujeira ou gordura que estiver presente.
  2. Deixe o ferro aquecer até chegar na temperatura ideal para derreter o estanho e fundir a solda. Alguns equipamentos possuem um LED que indica quando a temperatura correta é alcançada, mas, caso o seu não tenha, tente derreter com um pedaço de estanho.
  3. Se for a primeira vez a utilizar o ferro, passe um pouco de estanho em sua ponta, isso vai ajudar o processo e proteger o aparelho.
  4. Encoste o ferro na região a ser soldada e deixe-o transmitir calor na região. Em seguida, aplique o estanho sobre o local e ele irá derreter rapidamente, no local certo.

Deixe a solda fluir, mas não exagere: pare quando vir que foi derretido o suficiente para conectar os componentes.

  1. Aguarde alguns segundos (sem assoprar) para que ela seque e solidifique. Você percebe que ela ficou perfeita se formar uma gotinha brilhante.

Se por acaso ficar fosca, opaca, provavelmente tenha dado errado e você terá de fazer novamente. Isso é o que chamamos de “solda fria”: significa que o estanho não derreteu na temperatura certa e corre o risco de quebrar ou romper.

  1. O último passo é cortar as pontinhas que sobrarem nos terminais com um alicate rente.
  2. Pronto, a solda está pronta! Simples, não é?

Lembre-se da limpeza!

limpeza

A limpeza é um processo muito importante para garantir vida útil longa ao aparelho e deve ser feita antes, durante e depois da solda.

Existem buchas específicas para esse fim e são elas que você precisa utilizar, pois as outras podem danificar o equipamento. A limpeza constante também garante um trabalho de muito mais qualidade e segurança!

Na Mult Comercial você encontra os melhores equipamentos para solda

Na Mult Comercial temos diversas ferramentas desenvolvidas especialmente para quem trabalha com elétrica, eletrônica e Arduinos. Em nosso site, você encontra tudo que foi mencionado aqui, para contribuir com você na hora de soldar componentes.

Confira nossos produtos!

Esperamos que este post tenha sido útil para você. Caso ainda tenha dúvidas, deixe-as nos comentários abaixo!

Categorias: Dicas e Tutoriais

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *